Digital publishing em 2013:
pé no chão

Márcio Duarte, em 27/12/2013. Categoria: Blog, Notícias 6

Pé no chão

Provavelmente 2013 foi o ano mais “pé no chão” do digital publishing desde o surgimento do Kindle, em 2007, uma data considerada bem marcante nessa área, com todo tipo de previsões sobre o fim do livro impresso.

Hoje assistimos às vendas de eBooks desaquecendo no principal mercado mundial, dúvidas em relação ao futuro do livro ilustrado digital – que ainda não encontrou o seu caminho – e uma parcela importante dos leitores mais jovens assumindo sua preferência pelo cheiro do papel.

A convivência pacífica entre livro impresso e digital tem sido mantida. Ao contrário do que ocorreu na indústria fonográfica, na qual a distribuição digital reduziu drasticamente o uso do CD, o eBook não tem representado uma mudança disruptiva para o impresso, mas um caminho complementar, com suas características particulares – pelo menos por enquanto.

Desafio maior, tanto para impresso quanto para digital, está na concorrência entre leitura e a multitude de opções de entretenimento que se encontra hoje: cinema, games, música, apps e a própria web.

Do autor ao leitor, sem intermediários

O livro digital tem sim suas belas vantagens em relação ao impresso. Vamos ao óbvio: portabilidade, armazenamento e distribuição. Mas não resta dúvida de que, para quem efetivamente cria o conteúdo, a maior promessa do digital é a conexão direta com o público leitor e a descentralização dos meios para monetizar essa conexão, ou seja, ferramentas de publicação e criação de conteúdo acessíveis. O potencial disruptivo está aí.

“A web aberta é o cenário mais promissor para o conteúdo digital, e não necessariamente um formato de livro específico”

Olhando por esse ângulo, a web aberta é o cenário mais promissor para o conteúdo digital, e não necessariamente um formato de livro específico, que acaba preservando o mesmo modelo vertical do mercado editorial tradicional e das grandes empresas de tecnologia. Um formato aberto, multi-dispositivo e tecnologicamente abrangente ainda não existe na prática.

Quem estiver à busca de independência – quem não está – e souber desenvolver com propriedade sua plataforma de autor na web não tem do que reclamar, as oportunidades e ferramentas estão aí, ainda que muito fragmentadas.

Fui testemunha de iniciativas bem sucedidas nesse sentido. Elas têm algo em comum: os autores foram além do próprio texto e assumiram o papel de empreendedores, tirando máximo proveito do marketing digital, assumindo o controle do destino das suas iniciativas.

Retrospectiva

A exemplo do ano anterior, apresento uma breve restrospectiva interativa com alguns dos principais fatos que marcaram o editorial digital. Você pode acessá-la pelo botão abaixo:

Digital Publishing: linha do tempo 2013

Um excelente 2014! Obrigado pela visita! :)

Crédito da foto deste artigo: chubstock (cc)

6 comentários

  1. Vinicius
    30/10/2014

    Boa noite,
    sou professor de Direito. Juntei minhas aulas que organizei no Pages e
    converti para Epub, e a seguir uso o Ibooks para fazer a leitura em sala de aula.
    Direito é uma disciplina que precisa de atualização constante.
    Diariamente leio julgados que são postados no site do Supremo Tribunal Federal (STF).
    Tenho as seguintes dúvidas:
    a) é possível dar um print na página do STF e anexa-la ao arquivo Epub?
    b) é possível eu criar um hiperlink no arquivo Epub para atalho na página que visitei naquele momento?
    c) é possível criar um hiperlink no Epub de um arquivo que tenho guardado no aplicativo Box ou Documents?

    Responder
    • Márcio Duarte
      31/10/2014

      Olá Vinícius, tudo bem?

      Essa é uma área muito dinâmica mesmo, é essencial ter um fluxo de trabalho eficiente.

      Respondendo às suas dúvidas:

      a) Sim, você pode anexar a página como um arquivo de imagem (JPG, PNG).

      Há um plugin para Chrome que utilizo e torna muito simples o processo de salvar sites como imagens, direto do navegador:

      https://chrome.google.com/webstore/detail/awesome-screenshot-captur/alelhddbbhepgpmgidjdcjakblofbmce

      Mas é possível anexar também um PDF, se o ePUB for lido somente no iBooks.

      —–
      b) Sim, mas você precisará ter uma conexão ativa com a internet.

      —–
      c) Também é possível, desde que este seja um link “externo”, ou seja, acessível via navegador. Geralmente o mesmo link utilizado para compartilhar o arquivo.

      Como no caso anterior, é necessário estar conectado à web para acessar o arquivo.

      O método mais confiável é mesmo o primeiro (letra “a”). Assim você pode ter um ePUB com todas as informações independentes de conexão com a web.

      Abraço!

      Responder
  2. Ailton Pereira
    29/10/2014

    Olá Marcio,

    Tudo bem?

    Já conheço o Henrique Carvalho e o seu trabalho. O seu blog é considerado uma obra de arte, realmente é muito bacana.

    Quando alguém perguntava para o Henrique sobre o seu blog ele dizia que foi um excelente design que fez e a gente ficava pensando que o cara é um artista e que cobra uma fortuna.

    Eu estava procurando um tema para um projeto meu e achei um bem legal. Poucos dias depois qual não foi a minha surpresa em ver o lançamento do uberfácil. Não comprei no lançamento, mas vou acompanhar o seu trabalho e quem é parceiro de um camarada como o Henrique é muito bom.

    Mas foi bom conhecer o grande um grande artista, pode ter certeza que vou seguir o seu trabalho e no futuro quem sabe eu possa solicitar os seus serviços.

    Desejo a você muito sucesso e parabéns!

    Responder
    • Márcio Duarte
      31/10/2014

      Olá Ailton, tudo ótimo e vc?

      Poxa, fico mesmo satisfeito que tenha apreciado o trabalho realizado com o Henrique no VdB!

      Sabe, a idéia para a Uber surgiu exatamente pela efetividade dessa solução para blogs. Hoje em dia é mesmo essencial unir marketing e design em qualquer iniciativa digital, o potencial é incrível.

      Obrigado pelos elogios e pela visita! :D

      Sucesso para você também com o seu blog, abraços!

      Responder
  3. Márcio Duarte
    23/10/2014

    Olá Marcio!

    Realmente, as postagens foram escassas nesse período. Estive cuidando do desenvolvimento e lançamento da Uberfácil (http://uberfacil.com) e tive que deixar o blog um pouco de lado.

    Mas terei novidades em breve :)

    Obrigado pela visita!

    Abraço!

    Responder
  4. Marcio
    22/10/2014

    Gostei das dicas e do visual do site, mas porque não tem postagens mais recentes??? a última agosto de 2014 e essa aqui de 2013… conheci o site de vocês através do blog “como ficar rico” do rafael seabra :D

    Responder

Deixe o seu comentário